Protocolo IPv4 atingiu seu limite!

Imagem

É o fim da internet!

Aconteceu nos últimos dias o que já era previsto para esse ano, chegamos ao número limite de IPV4 distribuídos na internet. O protocolo de navegação IPv4, desenvolvido nos anos 1960 e adotado como padrão em 1981, atingiu seu limite de navegação. Dessa forma, não será mais possível obter novos endereços de IP utilizando este formato.

“Quando a internet foi projetada, parecia improvável que o número de endereços IP seria um problema. Entretanto, o limite do IPv4 foi ficando claro ao longo dos anos”, declarou o diretor do consórcio, Axel Pawlik.

Baseado em 32 bits, o IPv4 possui limite de 4,3 bilhões de combinações de endereços. Com o advento de smartphones e tablets, essa capacidade se tornou insuficiente.

Agora, o antigo protocolo passa a ser substituído pelo IPv6, capaz de oferecer 340 undecilhões (ou 3.4×10 elevado a 38) de combinações. A mudança não deve afetar os usuários.

by:[info.abril]

Anúncios

Um canal de fibra ótica,atinge 512Gbps de conexão

A Deutsche Telekom, companhia de telecomunicações alemã, está realizando testes do projeto OSIRIS (Optically Supported IP Router Interfaces), que visa desenvolver novas formas de lidar com a demanda de banda larga. A empresa atingiu uma velocidade de 512Gb por segundo, usando um único canal de fibra ótica, batendo o recorde de maior velocidade de transferência de dados no mundo.

Ao pegar um pacote de dados e enviá-lo de Berlim a Hannover, numa distância de 367km, os pesquisadores bateram recordes tanto na ida quanto na volta. O percurso total teve 734km de distância.

Os cabos de fibra ótica são compostos por diversos canais. Pegando como exemplo os modelos usados pela empresa alemã, que possuem 48 canais, poderíamos ter uma velocidade de 24,6 Tb por segundo, segundo o site GigaOM.

Contextualizando, agora há a possibilidade de envio de uma coleção com 3696 CDs através de apenas um cabo de fibra ótica ao mesmo tempo, em apenas um segundo. E mais: vale lembrar que esses cabos têm a espessura de um cabelo humano.

Não há previsão para a chegada no mercado da conexão de super-velocidade testada pela Deutsche.

by- OlhaDigital

A internet mais rápida do mundo!

A Google  naõ esqueceu de sua considerada implantação de seu ISP à base de fibras , mas se você precisa de uma internet relâmpago hoje é só você mudar para Chattanooga.

 

Essa pequena cidade acaba de anunciar as velocidades mais rápidas da internet (E.U.A., claro ) com velocidade de 1gbps sendo tanto para empresas como para moradores.

A rede EPB Fibra Óptica é de propriedade municipal de Chattanooga que tem parceria com a Alcatel-Lucent. Apesar de provavelmente ser uma cidade que você nunca ouviu falar, esta internet é real e já está disponível para a compra hoje.

O EPB opera uma rede de fibra óptica de alta velocidade que hoje oferece serviços para mais de 100 mil casas e empresas da Chattanooga e áreas rurais em volta. 1 Gigabit é extremamente raro e é facilmente o mais rápido serviço de internet oferecido no país. A empresa alega que eles estão vinculados com um punhado de comunidades internacionais para que se espalhe o mais rápido pelo mundo.

Reforçado pela rede passiva da Alcatel-Lucent a tecnologia óptica gigabit (GPON) a rede de Chattanooga pode atrapalhar a perspectiva da FCC Nacional de banda larga que planejava levar 100mbs para 260 milhões de lares até 2020. Este novo serviço de um Giga é 10x mais rápido que o deles.

E também é mais caro. Relatórios afirmam que o maior nível de serviço será oferecido por U$350/mês, mas honestamente, isso não é muito caro se você ama uma hyper velocidade . Para empresas de grande porte U$350 não faz nem cócegas e o beneficio do 1 giga provavelmente já será o suficiente para acelerar todo seu negócio.

By : [nerdonline]

Wiffinder, Uma Mochila que Detecta Redes Wi-Fi!

Eu adoro mochilas, e tenho várias de todos os tipos, formatos e tamanhos. Mas nenhuma delas tem detector de Wi-Fi, como estas mochilas e malas da coleção Wiffinder, que são equipadas com uma telinha LCD. A tela mostra a hora certa, e para conferir se existe alguma rede Wi-Fi disponível, basta apertar um botão na mochila. E para completar, a mochila informa até mesmo qual é a força do sinal.

Agora só falta uma tela maior para você checar seus e-mails na própria mochila! Pensando bem, é melhor deixar esta idéia para lá. Saiba mais na Soyntec.