Servidor com 25 GPUs decifra qualquer senha de Windows em até seis horas

Um módulo de decriptação composto por 25 placas vídeo AMD Radeon interconectadas é capaz de quebrar senhas rapidamente. O aparelho, com programas gratuitos para descobrimento de códigos de segurança, geridos por uma distribuição Linux, gera 350 bilhões de resultados por segundo.

modulo-com-25-gpus

Tomando como base o uso de senhas de oito dígitos utilizadas por marcas e serviços, qualquer sequência pode ser descoberta em até 5:30h (ou, claro, em até menos tempo). Nesse intervalo este módulo checará 6,6 quadrilhões de combinações possíveis, inclusive as que possuem números, símbolos e letras em caixa alta ou baixa.

Elevando-se o número de dígitos, há um acréscimo considerável no tempo de pesquisa de senhas por parte do servidor. Com mais um algarismo, o período estimado para os cálculos passaria a 500 horas de trabalho. Já com dez dígitos, seria necessário pouco mais de 5 anos para o teste de todas as combinações.

Apesar de esta ferramenta de cracking transformar um algoritmo de criptografia NTLM da Microsoft em poeira em pouco tempo, ela não é restrita a esse ambiente, podendo encarar mais 44 tipos de algoritmos com alta velocidade de resultados. Por exemplo, em uma investida contra o SHA1, ela gera 63 bilhões de combinações por minuto e 180 bilhões por segundo contra MD5. Existem sistemas menos vulneráveis, como o SHA512, contra o qual a quantidade de senhas testadas é de somente 364 mil resultados por segundo.

By – TechTudo

Protocolo IPv4 atingiu seu limite!

Imagem

É o fim da internet!

Aconteceu nos últimos dias o que já era previsto para esse ano, chegamos ao número limite de IPV4 distribuídos na internet. O protocolo de navegação IPv4, desenvolvido nos anos 1960 e adotado como padrão em 1981, atingiu seu limite de navegação. Dessa forma, não será mais possível obter novos endereços de IP utilizando este formato.

“Quando a internet foi projetada, parecia improvável que o número de endereços IP seria um problema. Entretanto, o limite do IPv4 foi ficando claro ao longo dos anos”, declarou o diretor do consórcio, Axel Pawlik.

Baseado em 32 bits, o IPv4 possui limite de 4,3 bilhões de combinações de endereços. Com o advento de smartphones e tablets, essa capacidade se tornou insuficiente.

Agora, o antigo protocolo passa a ser substituído pelo IPv6, capaz de oferecer 340 undecilhões (ou 3.4×10 elevado a 38) de combinações. A mudança não deve afetar os usuários.

by:[info.abril]

Papel de parede é capaz de bloquear sinal da rede Wi-Fi

Se você quer impedir, de uma vez por todas, que o seu vizinho acesse a sua rede Wi-Fi em casa, a solução acaba de ser anunciada. Um papel de parede que chegará ao mercado nos próximos meses promete bloquear o sinal das redes sem fio de uma residência, impedindo que ele seja detectado por outros dispositivos do lado de fora.

O produto tem as mesmas características de um papel de parede comum. A diferença está nos pequenos cristais de prata contidos nele, que são os responsáveis pelo bloqueio do sinal Wi-Fi. Pelo posicionamento natural das paredes, o sinal da rede sem fio ficará “aprisionado” na casa, e você não detectará a rede dos seus vizinhos, nem ele a sua.

Os papéis de parede serão comercializados com “padrões de frequência pré-definidos”, compatíveis com a maioria das redes Wi-Fi caseiras (2,4 GHz e 5 GHz), e serão fabricados de modo que não afete o desempenho dos celulares. Por outro lado, os telefones sem fio no padrão DECT podem perder desempenho, por causa da proximidade das frequências utilizadas entre esses aparelhos e os roteadores. Além disso, o desenvolvedor declarou que também possui tecnologia para fabricar papéis de parede bloqueadores de sinais de celulares.

Para aqueles que querem manter o padrão estético da residência e não imaginam ver a casa toda com esse tipo de papel de parede, o criador afirma que o desempenho do bloqueador não é afetado se você pintar o papel com tinta, ou inserir outro papel de parede por cima.

Vale alertar que, na prática, o papel de parede não é capaz de bloquear o sinal por completo. Como a maioria dos roteadores emitem o sinal uniformemente em todas as direções, seria necessário revestir o teto, o chão e também as janelas para que o bloqueio fosse completo. Mas não se preocupe: o fabricante já está pensando nisso, e informa que está desenvolvendo um “papel especial” transparente, para piso e janelas.

Via Gizmologia.

Um canal de fibra ótica,atinge 512Gbps de conexão

A Deutsche Telekom, companhia de telecomunicações alemã, está realizando testes do projeto OSIRIS (Optically Supported IP Router Interfaces), que visa desenvolver novas formas de lidar com a demanda de banda larga. A empresa atingiu uma velocidade de 512Gb por segundo, usando um único canal de fibra ótica, batendo o recorde de maior velocidade de transferência de dados no mundo.

Ao pegar um pacote de dados e enviá-lo de Berlim a Hannover, numa distância de 367km, os pesquisadores bateram recordes tanto na ida quanto na volta. O percurso total teve 734km de distância.

Os cabos de fibra ótica são compostos por diversos canais. Pegando como exemplo os modelos usados pela empresa alemã, que possuem 48 canais, poderíamos ter uma velocidade de 24,6 Tb por segundo, segundo o site GigaOM.

Contextualizando, agora há a possibilidade de envio de uma coleção com 3696 CDs através de apenas um cabo de fibra ótica ao mesmo tempo, em apenas um segundo. E mais: vale lembrar que esses cabos têm a espessura de um cabelo humano.

Não há previsão para a chegada no mercado da conexão de super-velocidade testada pela Deutsche.

by- OlhaDigital

LCD transparente é criado pela Samsung

A Samsung preparou aquilo que poderá muito bem ser o futuro das amostras de produtos. Criando um LCD transparente, a empresa espera dinamizar os negócios como quiosques ou amostras de lojas criando uma interatividade completamente inovadora tornando aquelas chatas publicidades estáticas no que estamos habituados e sejam muito mais interessantes.
Parece que temos aqui mais um passo na direção de um mundo mais parecido com o retratado em Minority Report. Imaginem uma amostra de ma loja de roupa em que temos modelos animados com roupas sempre mudando, ou uma amostra de um produto tecnológico, como podemos ver na fotografia, em que podemos ver as características e ao mesmo tempo o dispositivo.
Ainda não há uma data para a chegada ao mercado. O primeiro exemplar é um ecrã de 22 polegadas que está mostrado na imagem e a Samsung deixou transparecer que um modelo de 46 polegadas já se encontra em produção.
Os painéis irão ter versões em preto e branco e a cores, e terão um contraste de 500:1 com WSXGA+ de 1.680×1.050 pixels de resolução.
Utilizam portas HDMI para a recepção de imagem, têm portas USB e usam a luz ambiente no seu funcionamento, o que permite uma redução do consumo de energia.

 

Empregabilidade – Windows 8, Ubuntu 11.04, Java 7… Aonde isso vai parar

    Ser da área de informática é estar bem informa(tiza)do, não, isso não é um bordão, isso uma simples realidade. Se você pretende ser dessa área ou está nessa área deve acompanhar a marolinha Tsunami de mudanças que ocorrem anualmente. Sim, o bom e velho Windows 98 já nem existe, porém o número 8 logo estará de volta, Conectiva? acho que agora se chama Mandriva (pelo menos era até o ano passado) e quem domina esse mundo é uma palavra Africana que significa “Humanidade”, Java? Não é mais da Sun, alias nem existe mais a Sun pois agora é Oracle, assim como o Delphi que agora pertence a Embarcadero e minha saudosa Borland nem sei mais onde anda. Um tal de Android anda por aí fazendo um bip-bip e atrapalhando a toda poderosa Apple (com sua Maçã mordida), dizem inclusive que o mascote do Android não deveria ser um Robozinho, mas um Bichinho de Maçã. E assim caminha os softwares.

   Alias, caminhar é uma forma bem legar de falar “correr a passos largos”, pois na parte de hardwares a febre dos Tablets e Smartphones contaminaram essa área, então hoje a portabilidade dos sistemas devem escorrer entre: Smartphones, Tablets, Netbooks, Notebooks e Desktops com suas milhares de configurações, se antigamente ter três sistemas operacionais já era complicado, imagina hoje em dia com diversos dispositivos e suas variadas de configurações. Isso sem contar com os novos aparelhos que estão despontando por aí, como carros mais inteligentes, televisões que acessam a rede, GPS e suas infinitas possibilidades, entre outros brinquedinhos que deve fazer a alegria de muito marmanjo nesse natal.

    Ops, estou me esquecendo das novas profissões, o pobre do Analista foi subdividido em diversas especializações, tais como, Analista de Negócios, Analista de Requisitos, Analista de Métricas, é inconcebível hoje que um Gerente de Projetos que não tenha no mínimo um PMP acompanhado de um ITIL v3 e Cobit com conhecimentos de Metodologias Ágeis e para o Programador que agora é um desenvolvedor, algumas certificações, conhecimento de Web Services, UML, RUP e mais um monte de sopa de letrinhas que juntando dão um belo caldo.

    Então estou aqui como um corvo é pintando um futuro negro (somente com tinta preta), não é bem assim, o pessoal da informática também está na crista da onda, tão antenado, alguns ganhando razoáveis salários, basta observar a revista Forbes e veja quantos caras de informática estão lá. Além disso, muitas coisas que estão despontando ele já está careca de saber e dominar e isso faz dele uma pessoa que pode treinar hoje para montar um negócio que irá estourar daqui a alguns anos. Quer uma prova?

O cara da informática sabe muito bem que o seguinte vídeo não tem nada de ficção:

Obrigado! Fernando Anselmo

Windows 8 Developers Preview

A nova versão, Microsoft promete um salto gigantesco em termos de interface. Conheça algumas das aplicações que foram adicionadas

Você também já pode testar, mas é bom ter paciência: o pacote completo tem de 2.83 a 4.8GB (versão mais completa). Para fazer o download gratuito, é só clicar aqui. Mas atenção: como a versão ainda é para testes, muitos bugs e instabilidades podem aparecer. Portanto, só instale em um PC de testes, ou que não seja aquele principal da sua casa.

A Microsoft propõe um salto gigantesco entre o visual da edição anterior (versão 7) para esta. Na verdade, ela parece querer reunir a mesma interface, tanto para o sistema operacional móvel quanto para o sistema operacional de desktops e laptops. O visual é idêntico ao do Windows Phone 7, chamado “Metro”, que traz quadradinhos coloridos com diferentes informações. Eles podem ser atalhos para diferentes aplicativos, ou espaços para informações atualizadas em tempo real, uma vez que a ideia é que usuários estejam conectados à internet o tempo inteiro. A cada aplicativo instalado, um novo quadrado (ou “tile”) é criado. Para abri-lo, basta um click, contra os 2 necessários até então para qualquer ação no Windows.

É possível reunir “tiles” = “azulejos”  e até mesmo dar nomes para esses grupos criados. O menu “Iniciar” deixou de existir. Em seu lugar, ao jogarmos o ponteiro do mouse para o canto inferior esquerdo da tela, aparecem opções: Start, Search, Share e outras

O Internet Explorer apresenta um visual completamente diferente. A mudança mais perceptível tem a ver com a barra de endereços, que passa a ser exibida no rodapé da página. No entanto, se ele for executado a partir da interface-padrão, o browser vai assumir o mesmo visual de hoje.

Talvez esta seja uma arma da Microsoft: manter 2 visualizações, a antiga e a atual, para que os usuários se acostumem aos poucos, e migrem para
o ambiente mais recente à medida em que se sentirem seguros.

O Windows 8 traz uma grande variedade de aplicativos. Também podemos esperar pelos novos Media Center e Windows Media Player. Para ter acesso ao menu com configurações e comandos, basta apertar o botão direito em qualquer lugar da tela.

Ainda é cedo para ter conclusões mais objetivas. De qualquer forma, as primeiras impressões foram positivas. A ideia da Microsoft – de trazer a experiência dos tablets e celulares para os desktops, com telas bem maiores – é bastante interessante. O problema é a diferença gritante entre esta e a versão anterior: será que os usuários, principalmente os menos envolvidos com a tecnologia, vão se acostumar? Acreditamos que esta seja  ma questão de tempo, uma vez que tudo parece ter se tornado mais intuitivo.

Ainda não há informações concretas sobre data de lançamento, preço ou se a empresa oferecerá diferentes versões do sistema operacional. No entanto, é certeza que a Microsoft ainda tem muito chão pela frente até lançar a versão final. Por isso, podemos esperar por “upgrades”, apesar da empresa já ter deixado clara a sua linha de raciocínio para a nova versão do sistema operacional.

O Lauriney Fergutz, esteve no lançamento, nos USA. e me deu mais notícias…